HI, my name is Carol and I have 22 years. I am so like that: contador de visitas
contador de visitas

 

Quando uma letra diz exatamente o que você sente e quer dizer. Gosto muito mais da Adriana Calcanhoto cantando, mas tá a í a versão do Tim Maia. Vale a pena escutar :)

É engraçado, ás vezes a gente sente fica pensando
Que está sendo amado, que está amando e que
Encontrou tudo o que a vida poderia oferecer
E em cima disso a gente constrói os nossos sonhos
Os nossos castelos e cria um mundo de encanto
onde tudo é belo
Até que a(o) mulher(homem) que a gente ama, vacila e põe tudo a
perder
E põe tudo a perder…

Mê de motivo, para ir embora
Estou vendo a hora de te perder
Mê de motivo, vai ser agora
Estou indo embora o que fazer
Estou indo embora não faz sentido
Ficar contigo melhor assim
E é nessa hora que o homem chora
A dor é forte demais pra mim

Já que você quis assim, tudo bem
Cada um pra o seu lado, a vida é isso mesmo
Eu vou procurar e sei que vou encontrar
Alguém melhor que você, espero que seja feliz
No seu novo caminho, ficar contigo
Não faz sentido, melhor assim

Mê de motivo, foi jogo sujo
E agora eu fujo pra não sofrer
Fui teu amigo, te dei o mundo
Você foi fundo quis me perder
Agora é tarde não tem mais jeito
O teu defeito não tem perdão
Eu vou a luta, que a vida é curta
Não vale a pena sofrer em vão

Pode crer você pôs tudo a perder
Não podia me fazer o que fez
E por mais que voce tente negar, me dê motivo
Podes crer eu vou sair por aí
E mostrar que posso ser bem feliz
Encontrar alguém que saiba me dar
Me dar motivo


Daí tem dia que você para pra pensar na sua vida toda até hoje. E eu descobri que nunca havia sentido nada semelhante a raiva ou ódio. Toda vez que lembro que alguém foi capaz de me fazer sentir isso, sinto mais raiva e mais ódio. Repudio esse tipo de sentimento e repudio mais ainda sentir isso e é algo que nem sei se quero perder. Como dói ver anos da sua vida perdido em vão por ter sonhado sozinha, vivido sozinha, amado sozinha, sentido sozinha, sofrido sozinha, me encontrado sozinha, ter me perdido sozinha e viver tudo sozinha. Tem coisa que não muda? Sei não, todo meu amor, todos os meus sonhos mudaram. Tem estrago que não sei se tem concerto. Não poder confiar, não poder acreditar, porque tudo isso já foi feito com tanta certeza, com tanta essência, com tanto viver, com tanto fogo, que sei lá se um dia algo cubra esse buraco. Não que eu ame ou sinta falta. Só perdi a vontade, porque não confio mais no que pode parecer uma nova certeza pra mim. Como é difícil. Monstros existem, por mais que me doa até admitir isso, por mais que doa falar esse tipo de coisa, descobri que monstros existem e eu sou capaz de sentir ódio. Quero loucamente me soltar disso, mas sem nunca mais ter o desprazer de encontrar na minha frente novamente. Sou mais feliz agora, sou mais contente, sou mais resolvida(nem tanto, se não não tava gastando tempo com isso rs), mas sou mais tranquila e sei quem sou. Essa dor faz parte de mim, como todo o resto do amor que tenho na vida que faz isso parecer algo completamente ridículo. Como eu desejo não sentir medo, como eu desejo reparar esses estragos tão profundos, esperando que seja algo de gente jovem e imatura! Mas sinto que nada estar perdido, que ainda sou capaz de sentir frio na barriga e que tenho vontade de um dia ter vontade de viver tudo só que de verdade!